Vida após a morte


Existem muitas especulações e religiões que tentam nos dizer a respeito de para aonde vamos após nossa morte. Mas vamos neste estudo buscar a resposta a luz das sagradas escrituras sobre este assunto.

VIDA APÓS A MORTE

"Com o suor do seu rosto você comerá o seu pão, até que volte à terra, visto que dela foi tirado; porque você é pó e ao pó voltará". - Gênesis 3:19

Acima, Deus adverte à Adão de que ele veio do pó e ao pó retornará! Deus não disse que após a morte Adão iria para algum plano espiritual superior ou inferior (o que é o inferno para algumas pessoas), e sim retornar ao pó! E ali não estava se tratando somente ao corpo e sim, ao ser.

E para reforçar a verdade de que o ser humano não possui nele uma parte imortal, vamos analisar os versículos 22 ao 24 de Gênesis 3:

➢ "Então disse o Senhor Deus: Eis que o homem é como um de nós, sabendo o bem e o mal; ora, para que não estenda a sua mão, e tome também da árvore da vida, e coma e viva eternamente. O Senhor Deus, pois, o lançou fora do jardim do Éden, para lavrar a terra de que fora tomado. E havendo lançado fora o homem, pôs querubins ao oriente do jardim do Éden, e uma espada inflamada que andava ao redor, para guardar o caminho da árvore da vida." - Gênesis 3:22-24



Se Adão e Eva foram privados da árvore da vida justamente para não serem imortais, é óbvio que á luz da bíblia o ser humano é mortal por completo!

Qual lógica teria de Deus privar a humanidade da árvore da vida sendo que de qualquer forma, após a morte ela continua IMORTAL? É ilógico dizer que a árvore da vida era para dar imortalidade apenas para o corpo e não para a "alma". Ela dá a imortalidade para o ser integral!


Vamos analisar Apocalipse 2:7:
"Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer, dar-lhe-ei a comer da árvore da vida, que está no meio do paraíso de Deus." - Apocalipse 2:7

Vemos então que apenas os salvos comerão da árvore da vida que os possibilitará a voltarem a ser eternos. Esta é uma grande prova que nossa imortalidade é condicional!


Um texto que nos mostra em paralelidade sobre esta verdade está em 1 Tessalonicenses 4:16

"Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro." - 1 Tessalonicenses 4:1


Tal texto nos reforça o entendimento de que a imortalidade será dada somente para os salvos. E se os ímpios recebessem a imortalidade para serem castigados eternamente no "inferno", tal afirmação acima seria mentirosa! Então, é óbvio que o ímpio não será eterno nem para a salvação e nem para a condenação!


"Aquele que tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas. O vencedor de modo algum sofrerá a segunda morte." - Apocalipse 2:11


Vemos claramente nos escritos acima de Apocalipse 2:11 que o castigo final para os ímpios será a segunda morte; a morte definitiva, sem direito a ressurreição e outro julgamento!


As escrituras também nos revela de que a morte é um "sono", um estado inconsciente:

➢ Irmãos, não queremos que vocês sejam ignorantes quanto aos que dormem, para que não se entristeçam como os outros que não têm esperança. Se cremos que Jesus morreu e ressurgiu, cremos também que Deus trará, mediante Jesus e juntamente com ele, aqueles que nele dormiram. Dizemos a vocês, pela palavra do Senhor, que nós, os que estivermos vivos, os que ficarmos até a vinda do Senhor, certamente não precederemos os que dormem. Pois, dada a ordem, com a voz do arcanjo e o ressoar da trombeta de Deus, o próprio Senhor descerá do céu, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro. - 1 Tessalonicenses 4:13-16

Paulo disse que, os que morreram estão dormindo. E que os que dormem, para terem suas vidas restauradas necessitarão de serem ressuscitados. 




Os vivos que são fiéis a Deus e os justos ressuscitados conforme a palavra, irão para os céus juntos! Não há mortos já em algum plano superior.


As escrituras nos revelam que essa ressurreição será dada no último dia:

➢ "Porque a vontade de meu Pai é que todo o que olhar para o Filho e nele crer tenha a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia". - João 6:40


A doutrina da imortalidade da alma inserida no cristianismo se deu início pela igreja romana católica que trouxe tal paganismo da crença grega.

E a partir de terceiro século, começou a inserir em sua doutrina ações pelos mortos como orações com acendimento de velas, missa de sétimo dia, canonização de mortos (os intitulando como "santos") e etc.


Vemos também na bíblia que apenas Deus possui imortalidade inerente em si (auto imortalidade):

➢ "a qual Deus fará se cumprir no seu devido tempo. Ele é o bendito e único Soberano, o Rei dos reis e Senhor dos senhores, o único que é imortal e habita em luz inacessível, a quem ninguém viu nem pode ver. A ele sejam honra e poder para sempre. Amém." - 1 Timóteo 6:15,16 



A bíblia trata da morte como uma inimiga da humanidade!

"E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória."


Como podemos ver, a palavra de Deus nos diz que a morte será um dia, definitivamente destruída! O que já nos esclarece que a morte não é uma "amiga" ou um estágio para a evolução humana ou onde reencontraremos entes e amigos queridos ou veremos a Deus.

As escrituras nos apresenta a morte como algo a ser destruído, eliminado, erradicado; para que as pessoas possam voltar a viver.

Ao examinarmos os relatos de Gênesis 3, vemos que a morte passou a existir após o pecado ser consumado e adentrar na raça humana, pois ao homem afastar-se de Deus por causa do pecado, que é a Fonte de vida, ele se tornou mortal.


O ser humano receberá a imortalidade como um presente no último dia!
A palavra de Deus não ensina sobre espíritos desencarnados no céu e sim sobre corpos glorificados!


ACESSE TAMBÉM