Transfusão de sangue é pecado?


O que nos diz as escrituras sagradas sobre a transfusão de sangue?  É contra os mandamentos de Deus alguém doar ou receber sangue?


TRANSFUSÃO DE SANGUE É PECADO?



SERÁ DE FATO ERRADO UM SERVO DE DEUS RECEBER OU DOAR SANGUE?

Este estudo tem como objetivo nos colocar em análise se caso tal doutrina de não apenas comer ou beber; mas também receber ou doar sangue é realmente uma doutrina bíblica ou apenas uma doutrina da instituição Testemunhas de Jeová.

Todo israelita ou estrangeiro residente que comer sangue de qualquer animal eu me voltarei contra esse que comeu sangue, e o eliminarei do meio do seu povo. Pois a vida da carne está no sangue, e eu o dei a vocês para fazerem propiciação por si mesmos no altar; é o sangue que faz propiciação pela vida. Por isso digo aos israelitas: nenhum de vocês poderá comer sangue, nem também o estrangeiro residente." - Levítico 17:10-12


Segundo ponto, se lermos o capítulo inteiro, observaremos em especial, nos versículos 13,14 e 15 que o contexto se refere à forma alimentar sobre os animais ou seja, sobre come-los juntamente com seu sangue.

Nesta análise iremos expor a compreensão que busca nos mostrar de que tais recursos medicinais supracitados são tão proibidos quanto o se alimentar de sangue, á luz da palavra de Deus.

A base bíblica dos que se opõe ao uso do sangue não somente para consumo mas tanto quanto para recursos medicinais não está baseada somente em Levítico 17:10-12; mas também em outro trecho bíblico:





❖ ANÁLISE FAVORÁVEL A TRANSFUSÃO DE SANGUE ❖


Nesta análise iremos expor a compreensão que busca nos mostrar de que tais recursos medicinais supracitados são permitidos á luz da palavra de Deus.

Os membros da denominação religiosa "Testemunhas de Jeová" entendem e pregam que é pecado alguém receber transfusão de sangue ou também doar o seu sangue para alguém que o necessite.

Uma das passagens bíblicas em que eles se baseiam nesta compreensão foi a citada no topo desta página (Levítico 17:10-12).

Primeiramente devemos compreender de que a palavra de Deus nos proíbe ingerir o sangue e não o injetar - inclusive nem esse recurso medicinal existia na época; então obviamente a bíblia não estava se tratando disso.

Segundo ponto, se lermos o capítulo inteiro, observaremos em especial, nos versículos 13,14 e 15 que o contexto se refere à forma alimentar sobre os animais ou seja, sobre come-los juntamente com seu sangue.

O sangue dos animais possuem um significado ritualístico extremamente importante para e expiação dos pecados onde tal era derramado em lugar do sangue do pecador.

Há também outra passagem que é usada como base doutrinária que está no livro de Atos 15:29 que diz:

➣ "Abster-se de comida sacrificada aos ídolos, do sangue, da carne de animais estrangulados e da imoralidade sexual. Vocês farão bem em evitar essas coisas. Que tudo lhes vá bem."


A palavra de Deus também nos apresenta um princípio que pode apoiar a doação de sangue para quem o necessita á beira da morte:

➣ "Nisto conhecemos o que é o amor: Jesus Cristo deu a sua vida por nós, e devemos dar a nossa vida por nossos irmãos." - 1 João 3:16


Entende-se nesta análise de que a proibição seja o consumo do sangue de animais e em nada há proibindo sobre o uso de sangue humano para recursos medicinais. E que não devemos medir esforços para salvar uma vida; seja a nossa ou de terceiros.



❖ ANÁLISE CONTRA A TRANSFUSÃO DE SANGUE ❖


Nesta análise iremos expor a compreensão que busca nos mostrar de que tais recursos medicinais supracitados são tão proibidos quanto o se alimentar de sangue, á luz da palavra de Deus.

A base bíblica dos que se opõe ao uso do sangue não somente para consumo mas tanto quanto para recursos medicinais não está baseada somente em Levítico 17:10-12; mas também em outro trecho bíblico:


➣ "Mas não comam carne com sangue, que é vida." - Gênesis 9:4 


Uma vez que o sangue animal não pode ser colocado em nosso corpo por representar a vida do animal; o sangue humano também não o pode, por representar a vida humana. Pois conforme a palavra de Deus, o sangue é vida, que carrega a vida. Ou será que com os seres humanos não?
E também será que o sangue deixaria de representar a vida se entrasse em nosso corpo se não fosse pela boca?

Outro ponto que é usado pelos que são a favor da transfusão de sangue é que a proibição é de cunho ritualística pois o sangue era usado pela expiação dos pecados no tabernáculo. Mas vamos analisar mais um texto abaixo:

➣ "Também qualquer homem dos filhos de Israel, ou dos estrangeiros que peregrinam entre eles, que caçar animal ou ave que se come, derramará o seu sangue, e o cobrirá com pó;" - Levítico 17:13

Bem sabemos que o sangue aceito para sacrifícios eram um touro, cordeiro, cabra, pombo, ou rola, que dependem da riqueza do adorador. E esta passagem bíblica se refere á todo o tipo de animal (menos os imundos para consumo).

Há também o questionamento de que Deus se refere que não se pode inserir em nosso corpo o sangue de animais, mas a bíblia nada fala de sangue humano. Então se compreende de que inserirmos em nosso corpo o sangue humano, não seja proibido.

Vamos raciocinar. Se o sangue animal é tão sagrado por conter a sua vida, também não seria tão ou mais sagrado o sangue e a vida dos humanos?

Pois se o sangue de animais é sagrado demais para ser consumido, conclui-se que o de humanos seja mais ainda.


O texto bíblico abaixo responde essa questão:

➣ "Quem derramar sangue do homem, pelo homem seu sangue será derramado; porque à imagem de Deus foi o homem criado." - Gênesis 9:6


Então chegamos a conclusão de que, mesmo que seja permitido matar animais para comer, seu sangue deve ser separado por ser sagrado; o que diria do sangue humano, no qual nem derramado pode ser?
Mesmo que cheguemos a questionar de que tal proibição seja de se matar um homem; então poderíamos apenas retirar seu sangue para bebermos sem o matar? Será que Deus permite isso?


Mas a bíblia não nos proíbe só de ingerir? Pois ela não fala nada sobre injetar, e tal procedimento nem existia na época.

Sim, explicitamente a palavra de Deus nos proíbe de ingerir o sangue e nada fala sobre injetar.

Obviamente que a única forma de se inserir o sangue para dentro do próprio corpo na época, de forma que caísse em nossa corrente sanguínea era por meio da ingestão. Por isso não há menção sobre outras vias.

É usada pelos que defendem a proibição da transfusão uma aplicação chamada Aplicação Extensiva da Lei.


VAMOS FALAR SOBRE A "APLICAÇÃO EXTENSIVA DA LEI"

A aplicação extensiva de uma lei é quando a lei não diz tudo o que quer dizer explicitamente e cabe àquele que a interpreta em fazer a aplicação extensiva como sequencia lógica.

Em termos simples, a Aplicação Extensiva da Lei é quando uma lei não foi explícita de uma forma que abrangesse todos os ângulos possíveis.


Então faz-se uma aplicação extensiva como sequência lógica das variantes de uma mesma situação. Vamos à um exemplo:

Digamos que um país tenha em sua constituição a proibição da bigamia (contrair um segundo casamento sem ter dado fim ao anterior). Neste caso, se conclui que se a bigamia é crime, a poligamia (contrair vários casamentos ativos), também seja um crime.

Então usado esta mesma aplicação, obtêm-se a visão de que se é abominável ingerir o sangue, também é abominável transfundi-lo. Pois o que viola tal mandamento não é apenas veicula-lo ao seu organismo pela boca.

A palavra de Deus nos adverte sobre nos embriagarmos com álcool.
Como na época a única forma de inserir o álcool no organismo era por via oral, tal advertência era dada sobre bebê-lo.

Mas então será que poderíamos injeta-lo em nossa corrente sanguínea e nos embriagarmos sem estar violando as escrituras?


Vamos realizar mais uma reflexão dentro das escrituras

➣ "Abster-se de comida sacrificada aos ídolos, do sangue, da carne de animais estrangulados e da imoralidade sexual. Vocês farão bem em evitar essas coisas. Que tudo lhes vá bem." - Atos dos Apóstolos 15:29 


Acima, a palavra é clara ao mandar-nos abster do sangue. Vamos supor que um homem alcoólatra vai ao médico e lhe é ordenado abster-se do álcool. Aí ele chega em casa e não bebe, mas o injeta na veia. Ele está na verdade se abstendo do álcool?

Mas a bíblia nem menciona sobre transfusão de sangue. Isso nem existia naquela época. Por isso não é pecado.


Muitas coisas a bíblia não menciona por não existir na época. Mas não por isso que nós não devamos excluir como moralmente errado usando a Aplicação Extensiva de algumas leis . Vejamos alguns exemplos:

* Pornografias na internet

* Uso de drogas sintéticas

* Uso de tabaco ou maconha

* Celebração de carnaval

* Tirar selfies mostrando decotes

* Usar roupas mostrando o corpo na rua

* Etc...


Então as escrituras não precisam mencionar todos os pontos individualmente para nos orientar o que é errado fazer.


Mas e sobre 1 João 3:16? Que diz

➣ "Nisto conhecemos o que é o amor: Jesus Cristo deu a sua vida por nós, e devemos dar a nossa vida por nossos irmãos." 


Devemos dar a nossa vida pelos irmãos ou para os irmãos? Então se alguém quiser beber seu sangue você poderia dá-lo?

Sim, Jesus deu Seu sangue por nós e não para nós. Dar o sangue por alguém significa se sacrificar e dar para alguém já significa o dar literalmente.

Será que Cristo daria Seu sangue para alguém bebê-lo? Bem sabemos que o vinho da Santa Ceia tem valor simbólico e não se transforma literalmente em sangue. 


1 João 3:16 nos ensina a sacrificar nossa própria vida se necessário por nossos irmãos assim como Cristo fez por nós.

E para salvar uma vida, justificaria violar alguma lei de Deus?

Quem já leu o livro de Daniel sabe que quando os três hebreus estavam na Babilônia, o rei Nabucodonosor ordenou que todos se prostrassem diante de um ídolo e o adorassem; e aqueles que não cumprissem tal decreto, seria queimado vivo.

Então Sadraque, Mesaque e Abedenego poderiam resguardar suas vidas com o "simples" ato de se curvar diante o ídolo. Porém não o fizeram pois a lei de Deus proíbe de nos curvarmos e adorarmos qualquer ídolo (Êxodo 20:4-5; Atos 15:29). 


Mas qual foi a atitude dos hebreus?

➣ Se formos atirados na fornalha em chamas, o Deus a quem prestamos culto pode livrar-nos, e ele nos livrará das suas mãos, ó rei. Mas, se ele não nos livrar, saiba, ó rei, que não prestaremos culto aos seus deuses nem adoraremos a imagem de ouro que mandaste erguer". - Daniel 3:17,18












Aqueles que rejeitam receber sangue em obediência aos mandamentos de Deus fazem por fé mesmo sabendo dos riscos que correm. Mas creem que o livramento da morte poderá sim vir da mesmo forma que veio para Sadraque, Mesaque e Abedenego.