A mudança do dia santo


O sétimo dia foi guardado pelos primeiros cristãos. Mas quem transferiu a santidade deste dia para o domingo?

A MUDANÇA DO DIA DO SENHOR

Como bem sabemos, o mandamento sobre a guarda do dia do sábado foi esquecido por muitos no mundo moderno.

Um grande número de igrejas e seus membros consideram como dia santo o domingo em consequência de pensarem que a ressurreição de Cristo tenha sido no primeiro dia da semana.

Porém em nenhuma linha das escrituras há tal ordem para esta mudança.

Bem, então em algum momento da história alguém fez a alteração do dia de guarda:


• Como isto aconteceu?

• Quem mudou o descanso do sábado, o sétimo dia da semana, para o domingo, o primeiro dia da semana?

• Será que Deus, Cristo, ou talvez os apóstolos, fizeram essa mudança?

• Será que a Bíblia autoriza essa mudança?


O decreto dominical

O primeiro registro de decreto dominical foi em 7 de março de 321 dC.

O imperador Constantino decretou que todas as oficinas fossem fechadas e que todos repousassem no "venerável dia do sol" que é o domingo no império romano.

E aos poucos foi adotado este dia pela Igreja católica a fim de "cristianizar" o dia pagão.

__________________________________________

Quando Deus deu os Dez Mandamentos a Seu povo, Ele também deixou claro que nenhum ser humano deveria mudar suas ordens.

"NADA ACRESCENTEM às palavras que eu lhes ordeno e delas NADA RETIREM, mas obedeçam aos mandamentos do Senhor, o Seu Deus, que eu lhes ordeno". Deuteronômio 4:2


O próprio Deus prometeu não alterar Seus mandamentos:

➥ "Porque eu, o SENHOR, NÃO MUDO..." Malaquias 3:6

➥ "Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem NÃO PODE EXISTIR VARIAÇÃO OU SOMBRA DE MUDANÇA". Tiago 1:17


Jesus não mudou o sábado nem anulou. Ele o confirmou em sua vida e até declarou:

➥ "Não penseis que vim ABOLIR A LEI ou os Profetas; NÃO VIM ABOLIR, mas "pleroo" (do grego: completar). Digo-lhes a verdade: Enquanto existirem céus e terra, de forma alguma desaparecerá da Lei a menor letra ou o menor traço, até que tudo se cumpra". Mateus 5:17 e 18.


Os discípulos e apóstolos continuaram guardando o sábado

Tiago, o primeiro líder da igreja cristã primitiva, escreveu o seguinte sobre os Dez Mandamentos após a morte de Cristo:

"Pois aquele que GUARDA TODA LEI, MAS TROPEÇA EM UM SÓ PONTO, TORNA-SE CULPADO DE TODOS. Pois aquele que disse: Não adulterarás, também disse: Não matarás". Tiago 2:10, 11


Lucas, o médico e evangelista da igreja primitiva, relatou:

"NO SÁBADO, SAÍMOS DA CIDADE e fomos para a beira do rio, onde esperávamos encontrar um lugar de oração." Atos 16:13

No livro de Atos no Novo Testamento Lucas menciona 84 vezes que o sábado era observado pelos seguidores de Cristo, todos abrangendo um período de 14 anos depois da ressurreição de Jesus:

- 2 sábados em Antioquia (Atos 13:14, 42, 44);

- 1 sábado em Filipos (Atos 16:13);

- 3 sábados em Tessalônica (Atos 17:2, 3);

- 78 sábados em Corinto (Atos 18:4, 11).


De acordo com a Lei de Deus, o dia do Senhor é o sábado:

"Mas o sétimo dia é o sábado do SENHOR teu DEUS...". Êxodo 20:10



MAS ENTÃO, DE ONDE VEIO O DOMINGO?

Observação: Na Bíblia o primeiro dia da semana nunca é chamado de domingo. Nem é chamado de dia santo, nem existe qualquer indicação de que deveria ser separado como um dia de adoração.

Só existem oito textos nas Escrituras que falam do primeiro dia da semana; Se na Bíblia existe alguma ordem ou permissão para a troca do sétimo para o primeiro dia da semana, tem que estar nestes oito textos.

Vamos fazer um exame crítico dos oito textos que mencionam o primeiro dia da semana e ver se existe uma autorização Bíblica para a mudança?


1º - Mateus 28:1

"E, no fim do Sábado, quando já despontava o primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro."

Você achou que aqui existe alguma coisa indicando que Deus mudou o dia de adoração do sábado para o domingo? Está claro que não.

Este texto foi escrito no ano 62 d.C., 31 anos depois da ressurreição de Jesus. Ele só descreve que Maria Madalena e Maria a Mãe de Jesus, estão esperando terminar o sábado de descanso para irem ver o corpo de Jesus. Ao contrário este é mais um texto que prova que, após a morte de Jesus, o dia que se guardava era o Sábado.


2º - Marcos 16:2

"E, no primeiro dia da semana, foram ao sepulcro, de manhã cedo, ao nascer do Sol."

No verso 1, fala que elas esperaram passar o Sábado. Este texto também foi escrito 31 anos após a morte de Jesus, em Marcos 2:28, Marcos menciona que o Sábado é o Dia do Senhor e desconhece completamente o domingo.


3º - Marcos 16:9

"E Jesus, tendo ressuscitado na manhã do primeiro dia da semana, apareceu primeiramente a Maria Madalena..."

Este texto também foi escrito 31 anos após a ressurreição de Jesus. Também não fala nada sobre guardar o domingo. Dá pra notar, que Jesus teve todo o cuidado de não violar o sábado nem na sua morte. Seus trabalhos de criação e redenção foram realizados honrando o Sábado.


4º - Lucas 24:1.

"E no primeiro dia da semana, muito de madrugada, foram ao sepulcro, levando as especiarias que tinham preparado."

Lucas escreveu isso no ano 64 D.C., 33 anos depois da ressurreição do Senhor,. Não vemos nada nem ninguém dizendo sobre guardar o domingo. Pelo contrário, Lucas faz questão de deixar claro no capítulo 23, no verso 56 seu conceito sobre o sábado.. . veja: "E voltando elas, no Sábado repousaram, conforme o mandamento."


5º - João 20:1.

"E no primeiro dia da semana Maria Madalena foi ao sepulcro de madrugada, sendo ainda escuro, e viu a pedra tirada do sepulcro."

Este texto foi escrito no ano 97 d.C., 66 anos depois de Jesus ressuscitar, e também não diz nada a favor do domingo.


6º - João 20:19.

"Chegada, pois, a tarde daquele dia, o primeiro dia da semana, e trancadas as portas onde os discípulos, com medo dos judeus, se tinham ajuntado, chegou Jesus... e disse-lhes: Paz seja convosco."

Este texto não fala nem sequer que os discípulos se reuniram para um culto. Pelo contrário, só estavam ali escondidos por causa do medo. Apenas isso.


7º - Atos 20:7.

"E, no primeiro dia da semana, ajuntando-se os discípulos para partir o pão, Paulo que havia de viajar no dia seguinte, falava com eles; e prolongou o discurso até à meia noite."

Esta era à noite de sábado. Eles haviam passado o sábado todo, juntos, como era seu costume (Atos 17:2); e, ao terminar o dia, no pôr-do-Sol, e começar o primeiro dia (início da noite de Sábado), Paulo que teria de partir no dia seguinte, desejou usufruir da presença dos discípulos, e isso foi até à meia noite. Você notou que Paulo, evitou iniciar uma viagem no Sábado?


8º - 1ª Coríntios 16:2.

"No primeiro dia da semana cada um de vós ponha de parte, em casa, conforme a sua prosperidade, e vá ajuntando para que se não façam coletas quando eu for."

Paulo soube que os crentes de Jerusalém (Atos 11:28 e 29) estavam em grandes necessidades, e os discípulos decidiram socorrê-los.

Paulo então pediu aos irmãos que EM CASA, e não na igreja, no primeiro dia da semana, fossem ajuntando alguma coisa; dinheiro, alimento, roupa, sandálias... Paulo estava organizando o trabalho de assistência social, apenas isso.

Bem, aqui foram os únicos oito versos da Bíblia onde aparece o primeiro dia da semana citado. Você achou que em alguns destes textos Deus mandou mudar o dia de guarda para o domingo? Achou que em algum deles há provas de que os discípulos guardavam o domingo?

__________________________________________

QUEM MUDOU O DIA DE GUARDA, E QUANDO ISTO ACONTECEU?

Bem logo depois que Jesus subiu ao céu, o cristianismo começou a ser perseguido terrivelmente. Os grandes e terríveis shows de crueldade no Coliseu eram espetáculos de morte.

Durante muitos anos os cristãos foram perseguidos até a morte. Morriam homens, mulheres e crianças.

O problema para Roma, era que apesar de perseguir e matar muitos cristãos, eles não conseguiam matar o cristianismo. O sangue dos cristãos na terra era como semente que fazia com que aparecessem mais e mais cristãos.

Nenhum imperador Romano, por mais poderoso que tenha sido, conseguiu vencer o cristianismo pelo medo. A perseguição foi em vão.

Mas você conhece aquele velho ditado: Se você não pode com eles, então junte-se a eles.

Assim, um imperador, muito esperto, decidiu que não iria mais lutar contra o cristianismo, ao contrário iria unir-se aos cristãos. Ele resolveu se declarar cristão, e agora fez com que o cristianismo passasse a ser a religião oficial do Estado. O nome deste imperador era Constantino. Só que Constantino era pagão, amava a outros deuses, guardava outro dia, a Bíblia para ele não valia nada.

Assim, Constantino parou com a perseguição, e o que muitos pensaram que era uma bênção, foi uma maldição. Isto porque Constantino começou a introduzir dentro do cristianismo as coisas nas quais ele acreditava. Aos poucos ele foi fabricando um cristianismo que era a sua própria cara.

Constantino, que era pagão portando, idólatra (adorava a ídolos) , introduziu dentro do cristianismo a adoração de imagens. E isso, depois que o Novo Testamento já tinha sido completado e que todos os apóstolos já tinham morrido, no dia 7 de março de 321 AD, Constantino o Grande promulgou a primeira lei civil acerca do domingo, ordenando que todas as pessoas do império romano, exceto os fazendeiros, deveriam descansar no domingo.


Foi o primeiro Decreto Dominical. De 07/03/321, e dizia o seguinte:

"Devem os magistrado e as pessoas residentes nas cidades repousar, e todas as oficinas serem fechadas no venerável dia do Sol... "


QUEM ASSUMIU A MUDANÇA?

Quem oficialmente ASSUMIU A MUDANÇA do dia de descanso do sétimo dia para o primeiro dia da semana foi a Igreja Católica.

Isso já havia sido profetizado

O profeta Daniel manda um aviso a toda a humanidade. Ele diz que haveriam poderes na terra mudando a Lei de Deus.

"Proferirá palavras contra o Altíssimo, magoará os santos do Altíssimo e cuidará em mudar os tempos e a lei;" - Daniel 7:25



E assim o dia que era contado de pôr do sol a pôr do sol, conforme Levíticos 23:32 "Sábado de descanso solene vos será; de uma tarde a outra tarde, celebrareis o vosso sábado" passou a ser contado de meia a meia noite, e o mandamento "Lembra-te do dia de sábado para o santificar" passou para o "guardar domingos e festas..."

Faça os downloads do estudo