Com a mudança de sacerdócio houve mudança na Lei de Deus ?


Segundo o livro de Hebreus 5:12 ao ter mudado o sacerdócio, houve mudança na lei. Será que tal afirmação confirma a abolição da guarda do sábado?


COM A MUDANÇA DE SACERDÓCIO MUDOU-SE A LEI?

Mas de que lei o texto está se referindo?


"Porque, mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança da lei." - Hebreus 7:12


VAMOS ENTENDER SOBRE OS SACERDÓCIOS

Sacerdócio Levítico

Os levitas eram os responsáveis por todo o serviço religioso (cerimonial), de Israel.

O cargo de sacerdócio se iniciou com Arão e seus quatro filhos durante a peregrinação dos hebreus pelo deserto após a libertação do Egito.

E como eles pertenciam a tribo de Levi, a sucessão sacerdotal passou a ser dos levitas. O nome dessa tribo se deu pois seus integrantes eram descendentes de Levi, um dos filhos de Israel (Jacó).

Em Números 3 encontramos a ordenança que incumbe o sacerdócio à tribo de Levi:

"E falou o Senhor a Moisés, dizendo: Faze chegar a tribo de Levi, e põe-na diante de Arão, o sacerdote, para que o sirvam, E tenham cuidado da sua guarda, e da guarda de toda a congregação, diante da tenda da congregação, para administrar o ministério do tabernáculo. E tenham cuidado de todos os utensílios da tenda da congregação, e da guarda dos filhos de Israel, para administrar o ministério do tabernáculo. Darás, pois, os levitas a Arão e a seus filhos; dentre os filhos de Israel lhes são dados em dádiva. Mas a Arão e a seus filhos ordenarás que guardem o seu sacerdócio, e o estranho que se chegar morrerá." - Números 3:5-10

Antes da instituição do sacerdócio levítico, o chefe da família acabava por assumir o papel sacerdotal da sua casa. Era ele quem instruía a família no caminho de Deus e oferecia holocaustos.

Depois de tirar Seu povo do Egito, Deus instituiu o sacerdócio levítico e estabeleceu diversas leis para organizar os serviços sagrados.

Ele ordenou a construção de um tabernáculo e suas regras para que pudessem O adorar sem cair na idolatria e\ou praticar algum ritual impuro.

Somente os sacerdotes podiam entrar na presença de Deus dentro do tabernáculo para oferecer libações. Eles representavam todo o povo de Israel perante Deus.

Por tal responsabilidade, os sacerdotes deveriam seguir diversas regras minuciosas para se manterem puros e não profanar o local sagrado de encontro com o Eterno.

O sacrifícios e ofertas que os sacerdotes ofereciam serviam para trazer perdão dos pecados e reconciliação com Deus. Eles desempenhavam o papel de mediadores entre os homens e seu Criador.


Sacerdócio de Cristo

Com Sua morte na cruz, Cristo ofereceu o sacrifício perfeito e definitivo. Trazendo plena expiação (perdão), para todo aquele que aceita-lo como a salvação de Deus (Hebreus 9:13-14). Ele nos purifica de nossos pecados e nos torna purificados e aceitáveis perante Deus.

Por meio dEle, podemos ter comunhão com Deus através de Sua plena intercessão. Ele é o sacerdote perfeito, sem pecados (1 Timóteo 2:5).

É o nosso sumo-sacerdote pois através de sua intercessão e ensinamentos, nos conduz à obediência e santidade à Deus. Ele é superior aos sacerdotes do antigo pacto pois Sua orientação é em nossos corações e muda nossas vidas.

__________________________________________

TENDO JÁ ESTE ENTENDIMENTO, VAMOS AGORA COMPREENDER QUE LEI O CAPÍTULO 7 DO LIVRO AOS HEBREUS ESTÁ TRATANDO


"Porque, mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança da lei." - Hebreus 7:12

Este texto lido de forma isolada, realmente nos passa a impressão de que ao mudar o sacerdócio, Toda a lei de Deus de fato foi modificada.

Mas vamos agora analisar profundamente o contexto para entendermos a verdadeira mensagem.


✴ Vamos iniciar a análise pelo versículo 11

"De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque, e não fosse chamado segundo a ordem de Arão?" - Hebreus 7:11

Vemos no questionamento do verso, que houve um outro sacerdócio anterior a linhagem de Arão. O sacerdócio de Melquisedeque.


✴ Vamos prosseguir a análise com os versos 13 e 14

"Porque aquele de quem estas coisas se dizem pertence a outra tribo, da qual ninguém serviu ao altar. Visto ser manifesto que nosso Senhor procedeu de Judá, e concernente a essa tribo nunca Moisés falou de sacerdócio." - Hebreus 7:13,14


Temos aqui a explicação que o sumo-sacerdote em questão, que é Cristo, pertence a tribo de Judá, na qual não poderiam assumir nenhum cargo sacerdotal. Então, para que Cristo assumisse o sacerdócio sendo da tribo de Judá, Ele não poderia estar submetido a lei de sucessão sacerdotal que que ordenava a linhagem de Arão; que se tratava de uma linhagem carnal.

Sendo assim, foi necessário assumir o sacerdócio na linhagem de Melquisedeque; uma linhagem espiritual.

▸ Leia Hebreus 7:1-10


Então, para Cristo se tornar um sumo-sacerdote não sendo um levita, houve necessidade dessa mudança da lei de sacerdócio.

Porém para que houvesse uma mudança no sentido de anular a antiga e instaurar uma nova, Cristo deveria então contrariar Suas próprias palavras proferidas em Mateus 5:17 onde diz:

"Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir." - Mateus 5:17


Mas como seria possível haver mudança de lei sem ter que destruir uma antiga para instaurar uma outra?

Para chegarmos à um entendimento real, vamos agora analisar a forma que em o texto de Hebreus 7:12 for escrito da forma original (grego koiné);


" ετατιθεμένης γὰρ τῆς ἱερωσύνης ἐξ ἀνάγκης καὶ νόμου μετάθεσις γίνεται "

No grego a palavra traduzida como mudança, é a palavra μετάθεσις (metathesis), que significa transferência.

Não houve mudança na lei e sim transferência das leis sacerdotais. Em fim, das leis cerimoniais

Já uma mudança no sentido de troca ou substituição, a palavra seria "metaballo" ou também "antallagma".

__________________________________________


Então na verdade, o texto não diz que houve uma troca ou substituição da lei de Deus e sim , uma transferência. Todo o sacerdócio foi transferido da linhagem (administração), de Arão, para as mãos de Cristo.

E graças a tal transferência na ordenação sumo-sacerdotal de forma espiritual, é possível que através de Cristo sejamos também sacerdotes do Deus Altíssimo.


"E da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito dentre os mortos e o príncipe dos reis da terra. Àquele que nos amou, e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados. E nos fez líderes e sacerdotes para Deus e seu Pai; a ele glória e poder para todo o sempre. Amém." - Apocalipse 1:5,6

Faça os downloads do estudo