As Leis de Deus são apenas para judeus?


Muitos ao lerem as escrituras sagradas compreendem que a lei de Deus foi dada apenas aos hebreus. Por isso, os gentios estão desobrigados de tal.


AS LEIS DE DEUS SÃO APENAS PARA OS JUDEUS?


Alguns cristãos compreendem e pregam que as leis de Deus são apenas para o povo judeu e que nós gentios, estamos desobrigados dela pois estamos no tempo da graça.

Uma das fortes bases para tal entendimento se dá pelo motivo de Deus as terem reveladas aos hebreus. E não para os demais povos do mundo.

Á quem mais o Senhor poderia dar suas santas leis e preceitos? Aos egípcios, filisteus, hititas, amalequitas, jebuseus, cananeus ou muitos dos outros povos pagãos que serviam a ídolos (a ponto de oferecerem seus próprios filhos e filhos de povos vencidos em guerra como sacrifício), praticavam orgias, canibalismo dentre outras abominações?

Para o Eterno estender Sua grandiosa misericórdia, obviamente o povo deveria seguir Seus padrões morais e adotar comportamentos diferenciando-os dos outros povos que profanavam a terra. Deus precisara encontrar um povo cujo coração fosse aberto para receber e adotar Sua guia de conduta e fé.

Mas então Deus encontrou tal povo em Abraão e sua descendência; revelando-lhes Sua santa vontade e Seus caminhos fazendo-lhe grandes promessas sobre.


"Levando-o para fora da tenda, disse-lhe: "Olhe para o céu e conte as estrelas, se é que pode contá-las". E prosseguiu: "Assim será a sua descendência"." - Gênesis 15:5 

"Farei de você um grande povo, e o abençoarei. Tornarei famoso o seu nome, e você será uma bênção." - Gênesis 12:2


E naquele dia, no monte Sinai, foi dada de forma escrita para os Israelitas; um povo que apesar de tantas falhas na presença do Senhor, os eternais mandamentos, para que seguissem um propósito em formar uma nação abençoada na terra e eleita para a salvação. Á qual povo, o Criador estava revelando Suas importantes mensagens através dos memoráveis profetas Daniel, Isaías, Amós, Jeremias dentre outros que compuseram através de suas infalíveis profecias, revelações tão imprescindíveis para o povo eleito acerca de seu Deus? Obviamente para a semente de Abraão; os Israelitas.

Estas mensagens divinamente inspiradas que constituem o antigo testamento foram dirigidas quase em sua totalidade aos judeus, e tais profetas também eram judeus. A salvação vem dos judeus (João 4:22).

E quem são os escritores do novo testamento? A quem se dirigiu Cristo sobre tudo o que Ele disse enquanto esteve na terra? Quem estava presente no ato da Santa Ceia ouvindo as santas palavras e ordenações do messias? O povo judeu. Sem esquecer que tanto a velha, como a nova aliança também foram dadas á casa de Judá (Jeremias 31:31 e Hebreus 8).

Vejamos as palavras de Moisés em Deuteronômio 4:7-8 que nos diz:

"Pois, que grande nação tem um Deus tão próximo como o Senhor, o nosso Deus, sempre que o invocamos? Ou, que grande nação tem decretos e preceitos tão justos como esta lei que estou apresentando a vocês hoje?"


Diríamos simplesmente que tal declaração é um bom comentário de Romanos 9:4:

"o povo de Israel. Deles é a adoção de filhos; deles é a glória divina, as alianças, a concessão da lei, a adoração no templo e as promessas." - Romanos 9:4

E descobrimos que tal verso de Romanos prova mais do que os objetores desejam. Um outro comentário inspirado sobre Deuteronômio 4:7-8 é a declaração já citada acima, de Cristo que diz: "A salvação vem dos judeus". Mas há algum cristão desprezando a salvação por este fato?

Curioso que o "sermão da montanha", um conjunto de algumas leis da torá em que Cristo julgou serem necessárias sofrerem certo "aprofundamento" para que os homens realmente entendessem como cumprir em amor; que se inicia no livro de Mateus, capítulo 5, tem literalmente uma plataforma rochosa que se assemelha ao monte Sinai e a multidão á quem o sermão foi dirigido era tão judia como o povo reunido na ocasião da entrega das leis por intermédio de Moisés.

Mas este fato em si jamais repele qualquer um de nós, nem nos impede de crer que aqueles conselhos e mandamentos se apregam aos cristãos.

Voltando ao passado, podemos contemplar que, mesmo que as santas leis do Eterno tenham sido dadas á uma nação, Ele sempre foi acolhedor a qualquer estrangeiro que estivesse disposto a abandonar seus costumes mundanos e ser agregado ao Seu povo e abraçar o estilo de vida moral lhes ordenada. Podemos afirmar tal misericórdia nos livros de Levítico 24:22 e Isaías 56.

"Vocês terão a mesma lei para o estrangeiro e para o israelita. Eu sou o Senhor, o Deus de vocês". - Levítico 24:22

"E os estrangeiros que se unirem ao Senhor para servi-lo, para amarem o nome do Senhor e para prestar-lhe culto, todos os que guardarem o sábado sem profaná-lo, e que se apegarem à minha aliança, esses eu trarei ao meu santo monte e lhes darei alegria em minha casa de oração. Seus holocaustos e seus sacrifícios serão aceitos em meu altar; pois a minha casa será chamada casa de oração para todos os povos". - Isaías 56:6,7

Mesmo antes de Cristo, a salvação já estava estendida aos gentios. Qualquer demonstração de misericórdia e livramento de Deus aos Seus filhos em dado momento da história é em razão porque, aqueles que vivem nesse tempo e os que leem os relatos nas eras subsequentes devem servi-Lo de todo o coração e obedecer a Sua santa vontade.

__________________________________________

Anjos pecaram" (2 Pedro 2:4).

Repetindo a citação do estudo anterior, é uma idéia ilógica presumirmos que anjos e judeus são submetidos ás leis de Deus porém nós, gentios, somos isentos delas sendo que não há nenhuma citação de tal situação nas escrituras sagradas.

Não existe lógica na doutrina de que o povo de Israel e até mesmo os anjos são submetidos ás leis de Deus e nós, gentios, estamos desobrigados delas.

__________________________________________

"Agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, então sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos, porque toda a terra é minha. E vós me sereis um reino sacerdotal e o povo santo. Estas são as palavras que falarás aos filhos de Israel." - Êxodo 19:5,6


Meditando nas palavras do Senhor à Moisés no evento da entrega dos mandamentos, será que de fato teria lógica em pensar que tais servem apenas aos hebreus e não à toda humanidade? Pois se para fazer parte da "propriedade peculiar" de Deus e "seu povo santo"; não vale a pena obedecermos Sua santa lei?

Faça os downloads do estudo